10 Lições de amor que aprendemos com as princesas da Disney

Os contos de fadas podem parecer um pouco exagerado em nossos tempos: a linda princesa que conhece o príncipe encantado, casar e então vem a famosa e valorizada frase: “… e viveram felizes para sempre”. Vamos ser honestos, isso não ocorre na realidade.


Mas se colocarmos a atenção para as histórias de amor das princesas da Disney, podem nos surpreender e deixar dicas incríveis para aplicar na vida diária. E embora nem tudo é magia e diversão, entre linhas, podemos encontrar fantásticas lições e, além disso, gostava de um pouco de entretenimento saudável.


1. A Pequena Sereia


a pequena sereia


Quando você ama de verdade, você tem que vencer todos os obstáculos e lutar pelo que você realmente quer para sua vida. Ariel se apaixonou à primeira vista de um homem que parecia impossível para ela e, apesar de tudo o que os separava, estava segura de que não o ia deixar de ir.


2. A Bela e a Fera


bela bela e a fera


Bella rejeitou o homem mais bonito de sua casa pelo fato de ser um fanfarrão. No entanto, conseguiu ver além da aparência da Besta, e ajudou a tirar o melhor que havia nele. Ser bonito não é suficiente, tudo está na maneira de ser.


3. Aladdin


jasmine de aladdin


O dinheiro não é tudo. Jasmine podia ter casado com qualquer príncipe que lhe antojara, pois era bela, inteligente e perspicaz. Por essa razão, procurou um homem de bons sentimentos, apesar de não ter grandes riquezas.


4. Pocahontas


pocahontas


Foi capaz de deixar de ir a seu grande amor por seu bem, provando que nem sempre termina com o amor de sua vida. Em contrapartida, o destino pode ter grandes surpresas preparadas.


5. Mulan


mulan


Apesar de ter aparentado ser um guerreiro, conseguiu conquistar o coração de seu capitão, Li Shang. Mas o que realmente acabou por se apaixonar eram a sua força e a sua decisão, além de sua coragem ao enfrentar a adversidade.


6. A princesa e o sapo


a princesa e o sapo


Esta história nos ensinou que uma mulher pode cuidar de si mesma, sem a necessidade de um homem. Tiana tinha planos e metas para sua vida. Claro, o amor surgiu, mas foi algo involuntário.


7. Valente


merida (valente


Nem todas as mulheres têm como prioridade o casamento e Mérida é uma delas. Seus objetivos estavam muito longe do altar, como cavalgar, o tiro com arco e resolver o seu relacionamento com sua mãe. Um homem é o que menos pensava esta menina tão ousada.


8. Tangled


rapunzel enrolados


Uma mulher culta, é linda. Rapunzel não tinha medo da solidão: estudava, lia, pintava, aprendia de tudo; era uma garota independente e simples, com a ânsia de explorar o mundo. Um homem que não estava em seus planos… até que apareceu Flynn Rider.


9. Encantada


encantada giselle


Giselle era a princesa clichê dos contos de fadas: terna, submissa e com a esperança de encontrar seu príncipe encantado, casar e ter filhos. Mas a vida nem sempre acontece como o esperado e a conduziu por um caminho completamente diferente. Ao final se transforma em uma mulher empreendedora e proprietária de uma empresa de muito sucesso. É claro que conhece o seu príncipe, mas não é nada como ela imaginava.


10. Frozen


elsa frozen


O que há de errado em ser um pouco egoísta e pensar em sua felicidade? Elsa estava cansada da repressão com que foi educada, tinha vontade de ser ela mesma, sem se importar com o que vão dizer, e decidiu afastar-se de todos e viver ao máximo, assim como havia sonhado. Outro ponto a seu favor é que foi a primeira a questionar se ela estava bem e sair com o primeiro homem que te trate bem e te fale bonito. Mas o tempo faz com que caiam as máscaras. É melhor ser paciente e conhecer a fundo os prospectos.

10 Lições de amor que aprendemos com as princesas da Disney
Rate this post

Deixe uma resposta

Post Navigation